Transtornos neurológicos e traumas impulsionam mercado de TC portátil

0

O aumento da prevalência de demência degenerativa na população idosa está impulsionando o uso de tomógrafos portáteis

Espera-se que o mercado global de scanners portáteis para tomografia computadorizada (TC) cresça 8% durante o período de 2017 a 2021, impulsionado principalmente pelo aumento da incidência de distúrbios neurológicos e casos de trauma. Estes são resultados de pesquisa da TechNavio Research (Londres, Reino Unido), uma empresa global de investigação assessoria tecnológica.

O mercado global de scanners portáteis de TC é classificado em três principais segmentos de aplicação: neurologia, cardiologia e doenças ortopédicas.

Em 2016, o segmento de neurologia dominou o mercado de scanners de TC e representou uma parte importante da quota de mercado total. O aumento da prevalência de demência degenerativa e outras condições associadas com a doença de Alzheimer na população idosa, está impulsionando o uso de tomógrafos portáteis para o diagnóstico de transtornos neurológicos.

Os scanners portáteis de tomografia computadorizada também têm alta demanda para o diagnóstico de lesões cerebrais e dores de cabeça, devido ao aumento dos acidentes, dada a sua capacidade de minimizar o movimento de pacientes criticamente doentes e, consequentemente, reduzir a morbidade relacionada ao transporte. Espera-se que a capacidade de scanners portáteis de TC para facilitar a realização de imagens médicas de pacientes em situações de emergência e reduzir a morte de pacientes durante a transferência entre os departamentos para exame e avaliação seja um fator chave para o crescimento no mercado global desse tipo de scanners.

Utilização em procedimentos intra e pós-operatórios

Os portáteis também são utilizados para o diagnóstico precoce de doença cardiovascular (DCV) e reduzir a necessidade de procedimentos cirúrgicos invasivos. Para o diagnóstico de doenças ortopédicas, são utilizados tomógrafos portáteis para procedimentos intra e pós-operatórios com a finalidade de detectar anormalidades ósseas ou de posicionamento de implantes na coluna vertebral durante e depois de procedimentos de fusão da coluna vertebral.

Em 2016, o continente americano ocupou a maior parte do mercado mundial de scanners de TC portátil e devem manter a sua posição dominante nos próximos anos. Os avanços técnicos, como o desenvolvimento de scanners multi-slice e o diagnóstico precoce e a dissuasão de condições médicas graves, irão ajudar o crescimento do mercado mundial dos scanners portáteis de TC. Além disso, mudanças frequentes na infraestrutura hospitalar e as políticas de saúde, assim como o uso de computação em nuvem no setor da saúde, impulsionarão ainda mais o crescimento do mercado mundial de tomógrafos portáteis.

Atualmente, o mercado global de scanners portáteis de TC está altamente consolidado devido à presença de alguns poucos fabricantes no mercado, embora a presença de fornecedores de software irá levar ao aumento da concorrência ao longo dos próximos quatro anos. (com informações do Medimaging)

Compartilhar

Deixe seu comentário